Martelada (2017)
Sinopse

"Martelada", um espetáculo que foi inspirado num relato feito por Martelo - um dos mais antigos Mateus de Cavalo Marinho de Pernambuco - conecta-se com a sabedoria popular de muitas figuras que nos cruzam o caminho e apresenta ao público uma história cheia de realismo fantástico.

Em Condado, Zona da Mata Norte de Pernambuco, existe um homem chamado Martelo. Considerado um dos mais antigos Mateus de Cavalo Marinho do Estado, Martelo carrega com ele toda a sabedoria que o personagem lhe deu ao longo dos anos e muito mais. Um exímio contador de histórias, capaz de passar horas criando e recriando causos, sonhos e vivências, carrega o dom da oratória, a sabedoria dos que se encontram com a vida sem, muitas vezes, diferenciar o que é fantasia e o que é realidade. Pois foi inspirado em um desses relatos fantásticos que nasceu o espetáculo Martelada: a história das três vezes em que ele foi ao inferno. Sem se prender às palavras específicas ou à ordem dos acontecimentos, o autor Claudio Ferrario constrói um universo em que mistura suas próprias memórias e histórias com o relato de Martelo, criando uma obra única. Martelada nos conta de um velho guardador de mistérios dividindo suas histórias, memórias, sonhos e devaneios com os que passam por sua casa. Entre a loucura e a sanidade; entre a fantasia e a realidade, este homem é um velho Mateus de Cavalo Marinho já afastado da brincadeira, mas que diante de um público retoma a energia do palhaço que foi, para encenar e reencenar seu inferno peculiar. Um velho cheio de sabedorias, guardador dos mistérios, a nos dizer de suas andanças por lugares que talvez até conheçamos, mas que quando narrados pela boca deste sábio, ganham contornos de realidade e fantasia que nos obrigam a olhar pra dentro. Encarnando a sabedoria popular dessas figuras que circulam pelo Sertão, Zona da Mata, Agreste e até mesmo nas grandes cidades, Claudio Ferrario teve que mergulhar nos seus céus e infernos para deixar nascer o seu guardador interno. Em Martelada a força está totalmente neste guardador de mistérios, naquilo que não vemos, mas sentimos.

15994553_1810397772563521_35907952874898
16177838_1810397849230180_29435211398134
16177947_10207062715520907_8948877504227
16179708_1810397922563506_44563356473879
16113018_10207062676159923_1314606200658
15995248_10207062620318527_4443611233285
15896182_1806641022939196_36215337196709
15995110_395682554112099_268631313938814
Status do projeto: Em andamento
Ficha Técnica

Texto: Cláudio Ferrario

Direção: Dea Ferraz

Elenco: Cláudio Ferrario

Música: Rafael Agra

Iluminação: Luciana Raposo

Sonoplastia: Marcelo Sampaio

Identidade Visual: Dida Maia

Fotografia: Nilton Pereira

Direção de Produção: Dida Maia

Produção Executiva: Fernanda Ferrario

Realização: Janela Projetos e Parêa Teatro

Festivais

Janeiro de Grandes Espetáculos 2017 - Recife

 

Vídeos curtos
Saiu na Mídia
image001

image004

image002

image014

image013

image016

Agenda_Cultural_do_Recife__Noitada_de_es

Monólogo__Martelada__volta_em_única_apre

Ele_foi_até_o_inferno_e_voltou___Viver__

Av. Rui Barbosa, 317 - Sala 1 - Graças - Recife/PE - CEP 52011-040

Fone: +55 81 32425491 | 99628.4333 | 99474.3681

© Janela Gestão de Projetos 2013

  • Facebook Classic
  • LinkedIn Classic
image014